Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 14 de novembro de 2009

Estrutura Celular


Basicamente, uma célula pode ser formada por núcleo e organelas mergulhadas em uma substância gelatinosa conhecida como citoplasma e revestida por uma membrana lipoprotéica chamada Membrana Plasmática.

Em algumas células podemos encontrar um revestimento externo à membrana plasmática, como é o caso da parede celular. A presença ou quantidade das organelas e do núcleo dependerá do tipo celular, por exemplo, as bactérias não possuem organização nuclear, enquanto que células da musculatura humana apresentam vários núcleos.

Membrana Plasmática

Envoltório celular presente em todos os tipos de células. Segundo o modelo do mosaico fluido, a membrana plasmática é formada por duas camadas de fosfolipídios com proteínas mergulhadas.
As proteínas servem como portões, controlando a entrada de partículas maiores dentro da célula, como açucares, aminoácidos e proteínas. Então podemos considerar que a membrana plasmática possui permeabilidade seletiva, ou seja, apenas algumas substâncias passam por ela.


Envoltórios externos à membrana plasmática

Dos envoltórios externos à membrana plasmática temos o glicocálix, a parede celular e as capsulas:

Glicocálix: Presentes em células animais e de muitos protistas. É uma camada frouxa de glicídios, associados a lipídios e às proteínas da membrana. Possui várias funções:

*Da maior resistência para a membrana plasmática, contra agentes físicos e químicos.
*Confere as células a capacidade de se reconhecerem.
*Retém nutrientes e enzimas ao redor da célula.


Parede celular: Presentes na maioria das bactérias, nas cianobactérias, em alguns protistas, nos fungos e nas plantas. É uma estrutura semi-rígida e não interfere na entrada e saída de nutrientes da célula. A composição da parede celular vária com o grupo a que pertence:

*Bactérias e cianobactérias: é formada por uma substância comum dos procariontes, as peptideoglicanas, essa substância é formada por açucares associados a aminoácidos.
*Protoctistas: é formada por sílica ou celulose.
*Fungos: formada basicamente por quitina ou celulose em alguns grupos.
*Plantas: formada por celulose e um pouco de suberina e lignina.


Capsula: presente em algumas bactérias, denominadas de capsuladas

Citoplasma

Substancia com consistência gelatinosa, formada por 85% de água e proteínas (microfilamentos e microtúbulos).

Organelas presentes no citoplasma ou hialoplasma:


Complexo de Golgiense- Sistema de bolsas achatadas e empilhadas. Armazenam substâncias produzidas pela célula, como as proteínas.

Ribossomos - Tem a função de síntese de proteínas, encontra-se associado ao reticulo endoplasmático ou livre no citoplasma.

Mitocôndrias – tem a forma de bastonete. São responsáveis pela respiração celular, produzindo energia para a célula, sob forma de ATP.

Lisossomos - São pequenas vesículas que contêm enzimas digestivas. Fazem a digestão intracelular.

Centríolos ou Diplossomos- é formado por um conjunto de microtúbulos. Tem a função de orientação do processo de divisão celular.

Retículo endoplasmático: conjunto de tubos, canais e sacos membranosos, por dentro dos quais circulam substâncias fabricadas pela célula. Pode ser agranular ou granuloso (com adesão de ribossomos).

Cílios e Flagelos - São expansões da superfície da célula; os cílios são curtos e geralmente numerosos; os flagelos são longos e em pequeno número. Tem a função de movimentação da célula ou do meio líquido.
Núcleo: é o centro de controle das atividades celulares e onde fica armazenado as característica de uma pessoa (DNA), como cor de olhos e cabelos. Ele é revestido pela carioteca.

Peroxíssomos: bolsas membranosas (semelhantes aos lipossomos) que contêm alguns tipos de enzimas digestivas que degradam as gorduras e os aminoácidos. Uma dessas enzimas, a catalase, decompõe a água oxigenada (H2O2), prevenindo lesões oxidativas da célula. No fígado atuam na degradação de substâncias tóxicas (álcool, drogas)

Plasmodesmos: pontes citoplasmáticas entre células vegetais, por onde ocorre a troca de nutrientes.

Vacúolos: Exclusivo de plantas e certas algas, nas células jovens são numerosos e pequenos, e à medida que a célula cresce eles se fundem em um único e grande vacúolo. Em seu interior encontramos sais minerais, carboidratos e proteínas. São importantes no controle osmótico e na coloração das flores e folhas.

Plastos: São encontrados em plantas e alguns protoctistas. São responsáveis pela fotossíntese, coloração de flores e frutos ou pela reserva de amido, óleos ou proteínas.

Diferença entre célula animal e vegetal

Em muitos vestibulares é comum fazer a comparação entre estas células, veja as diferenças e em seguida identifique na imagem:

Célula Vegetal- Possui parede celular e cloroplastos, mas NÃO possui centríolos.

Célula Animal- NÃO possui parede celular e nem cloroplastos, mas possui centríolos.



3 comentários:

Bruna disse...

interessante adoreii!!bjs

Bruna disse...

interessante adoreii!!bjs

Anônimo disse...

Cara Mt Bom :DD' Amei Me Ajudou MtMt '